A essência da marca: como criar?




Essência Decameron Design | Ag. Figaro

Quem é antenado em cheiros, sabe a sensação prazerosa que é inalar um aroma maravilhoso pela primeira vez. Grava na memória, queremos sentir mais, e de novo. E quando a sintonia é extrema, queremos até que aquele perfume exale do nosso corpo, seja incorporado à nossa identidade, um registro, um presente para quem nos cerca.


E, assim como escolhemos nosso aroma através de perfumes, desodorantes, cremes, shampoos ou sabonetes, as marcas também podem se destacar com sua identidade olfativa marcante e estimulante.


O ponto é que, diferente do perfume que escolhemos para nós e alteramos conforme nosso estado de espírito, a marca pede uma unidade que traduza seu DNA e grave sua comunicação na memória de seus “colegas” (público, funcionários, fornecedores, parceiros). E que eles lembrem dela em momentos inusitados, como na rua, em casa, nas roupas, no banho ou na hora de dormir, por exemplo.


O primeiro passo para escolher a essência da marca é construir o seu DNA, que apontará, entre outras coisas, a sua personalidade. Ela é sedutora? Aventureira? Mística? Esportista? Criativa? Elegante? Descolada? Só um bom DNA dirá.


O segundo passo é pensar onde irá utilizá-la: vaporizador na loja, home spray, sabonete líquido, varetas, sachês, velas?

Este passo é importante, pois algumas essências não funcionam em certos produtos, como velas e sabonetes.


Descrição das notas como parte do design gráfico

O terceiro é desenhar corretamente este briefing. O perfumista saberá lhe entender se for objetivo, souber traçar comparações e, principalmente, se souber narrar quais sensações gostaria que as pessoas tivessem ao inalá-lo. Para quais cenários você, através do aroma, as levaria? O cheiro de terra molhada depois de uma manhã chuvosa na fazenda? Ou algo doce saindo do forno de casa? Quem sabe aquele chá que acalma e te lembra uma tarde ensolarada de inverno?


Depois de um bom papo com o perfumista, ele selecionará algumas amostras do seu catálogo que mais combinam com o briefing, e depois as levará para fazerem as provas, selecionando as que mais agradam.


A partir daí, você poderá escolher algum aroma já existente, ou desenvolver um novo e exclusivo da marca, só lembre de não pular etapas e pesquisar bem o perfumista para ver se está alinhado com as suas expectativas. Nós costumamos trabalhar com a Perfumatech e gostamos muito.

Essência e Linha Home Carbono Design | Ag. Figaro

#essenciamarca #branding #gestaodemarca #marketingsensorial #cheiroloja #carbonodesign #decamerondesign #agenciafigaro #meminimal #lufigaro

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo